CANDIDATAS DA BANCADA VEGANA

Nossas Candidatas representarão os animais de forma propositiva em seus gabinetes

Adriana Pierin

Fundadora e Candidata - São Paulo - vote 19.269

Formada em Administração de Empresas, ativista da causa animal há 30 anos, fundou a ONG Move Institute que  há mais de uma década atua em diferentes pautas da causa animal, desenvolveu projetos, ações, campanhas de conscientização pelos animais que culminaram em importantes políticas públicas e engajamento de diversos profissionais em diferentes áreas de atuação. Projetos contra o uso de Peles, testes em animais, pró-adoção, contra venda de animais, entre outros fazem parte de seu currículo. Hoje percebe que ocupar um cargo político é necessário para a promoção de ideias progressistas pela causa, que apenas ativistas do terceiro setor tem a capacidade de compreender.

Possui uma extensa lista de propostas para uma cidade mais empática e consciente.

O descaso com relação à questões socio-ambientais  no poder público precisam acabar e Adriana acredita que mulheres ativistas veganas podem ser agentes nessa transformação e por isso fundou a Bancada Vegana.

Andreia Pereira 

Candidata - Curitiba - vote 43.100

Olá, sou Andréia Pereira, empreendedora, vegana, ativista pelos direitos dos animais e pelas causas ambientais, protetora, cursando Nutrição e moradora de Curitiba.
Sou a mais velha de 3 irmãos e sempre tive contato com animais desde criança, pois minha avó materna sempre teve muitos animais e sempre me ensinou o respeito e o amor por eles.
Já na minha adolescência presenciei uma situação muito forte com os animais, depois da qual comecei a lutar contra a cruel carrocinha e foi ai que iniciou minha caminhada na proteção animal.
Sou vegana a 18 anos por intermédio de um amigo que me apresentou o veganismo de uma maneira diferente, mas que foi decisivo para o meu despertar e desde então me dedico também em promover o veganismo.
Atualmente sou proprietária de uma confeitaria vegana, sou presidente do Abrigo da Leila Anjos, onde temos quase 200 animais e em sua maioria idosos e deficientes. Sou vice presidente da Apardii (Associação de Pacientes com Doenças Inflamatórias Intestinais) e co- fundadora e dirigente da Casa Espirita André Luiz de Amor aos animais.
Sou idealizadora e organizadora do grupo amigos do Ceal que promove ações beneficentes junto a comunidade carente, levando sempre muita alegria, esperança, conscientização com respeito aos animais e a saúde.

Mi Crespo

Candidata - Rio Claro - vote 50.100

Sou cozinheira e confeiteira vegana, designer digital e produtora de eventos veganos. 

Em minhas redes falo sobre veganismo popular e acessível, autonomia alimentar, maternidade consciente, direitos animais, antiespecismo, antiracismo, política entre outros assuntos. 

Me tornei vegana há 8 anos da noite pro dia, em setembro do mesmo ano me tornei sacoleira vegana e logo abri a primeira loja vegana da minha cidade. 

Me tornei referência no ativismo pelos animais, organizando ações dando visibilidade a causa animal. 

Comecei a fazer comida e doces por necessidade, pois não sabia cozinhar e não tinha opções prontas acessíveis. 

Sou empreendedora da Filhos da Lua Cafeteria Vegana que já passou por diversos formatos e organizadora de eventos veganos.

Sou membro fundadora da ong UPARC - União dos Protetores de Animais de Rio Claro,  idealizadora do R.A.S - Rango Abolicionista Solidário - entregas de marmitas veganas e roupas para pessoas em situação de rua, membro do Coletivo Juntas, membro do Coletivo Parental Casa da Árvore. 

Mãe solo do Francisco de 4 anos, vegano desde a concepção e tutora de 3 filhos de pelo: Britney, Agostinho e Bento resgatados da rua. Sou feminista e acredito na libertação animal humana e não humana como forma de uma sociedade justa, ética, respeitosa e fraterna.

Minha luta é pelas mulheres e mães, pelos animais, autonomia alimentar saudável, pela educação na primeira infância e pelas pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Acredito na força do coletivo, de trabalhar em união com os movimentos sociais.

E só conseguiremos iniciar uma nova forma de viver se deixarmos o consumo pra trás e focarmos no social e nas pessoas.

Andy 

Candidata Paraíso do Tocantins - vote 13.123

Eu sou Andy, primeira pré-candidata transgênera de Paraíso do Tocantins, solteira, Filósofa e especialista em Ética pela UFT, progressista,  vegana e ativista.
Minha aspiração política começou quando eu atuei no movimento estudantil universitário. Após a graduação, ocupei lugares de fala como delegada na última conferência estadual e municipal de saúde. Também faço parte do comitê de organização do Plano Municipal de Resíduos Sólidos de Paraíso do Tocantins, mas me afastei temporariamente por causa das eleições desse ano. Além disso, atuo ativamente na fiscalização dos recursos públicos.

Duda Salabert

Candidata Belo Horizonte - vote 12.000

Duda Salabert foi a primeira mulher trans a se candidatar ao Senado, professora de literatura, ambientalista, vegana e ativista. 

Duda é professora de literatura no Colégio Bernoulli em Belo Horizonte desde 2007, estudante de Gestão Pública pela Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG). Também é idealizadora e presidenta da ONG Transvest, que oferece cursos educacionais a pessoas transgênero e travesti. A ativista é casada com Raísa Novaes desde 2011, o casal está junto desde 2006 e tiveram sua primeira filha, Sol, no dia 19 de junho de 2019. Duda Salabert conseguiu sua licença de maternidade e ficou afastada do trabalho por 120 dias, o que é considerado uma vitória para o movimento transgênero. A professora não precisou judicializar o pedido, pois a empresa em que ela trabalha, o Colégio Bernoulli, não recusou a petição. Desse modo, Duda foi reconhecida como mãe da Sol e terá o tempo necessário para ficar com a filha, não se sabe de outra mulher trans que tenha conseguido esse direito

Juliana Sartomen

Candidata Campo Grande - vote 13.321

Meu nome é Juliana Sartomen, sou nascida no Rio de Janeiro e vivo em Campo Grande (Mato Grosso do Sul) há 24 anos. Sou arquiteta (UFMS) e Mestre em Antropologia (UFMS).
Ainda na infância me tornei vegetariana, a princípio, por amor aos animais. Ao caminhar da vida, fui descobrindo como o agronegócio está envolvido com o nosso violento sistema e como ele reforça as características androcêntricas e antropocêntricas na nossa sociedade.
O Mato Grosso do sul é o segundo estado de maior população indígena e é inevitável perceber que o agronegócio está envolvido com o genocídio das etnias que aqui vivem, bem como com o massacre dos nossos biomas nativos. E assim, fui me envolvendo não apenas com a causa animal, mas com as lutas indigenistas.
A cidade que eu moro é apelidada de Capital do Agronegócio. Como um gesto de rebeldia, em 2019 me tornei microempresária, administrando um restaurante vegano na cidade que se tornou uma casa de resistência vegana em Campo Grande.
No restaurante pude mostrar as possibilidades de um mercado colaborativo e sustentável. Aproximei-me de pessoas muito solidárias que ajudaram a desenvolver medidas práticas para colaborar com a causa animal, de empoderamento feminino, valorização do folclore brasileiro, saúde mental, das artes, da agricultura familiar e da economia criativa. para a popularização da alimentação orgânica.
Com esta vivência, venho expor neste espaço estratégias e pensamentos que mobilizem uma transformação social para Campo Grande, nossa cidade Morena.

Zélia Barbosa

Candidata - Goiania - vote 18.080

Mãe de dois meninos, estudante de escola pública do primário à universidade, estudou Ciências Econômicas na UnB, onde participou do projeto Tome Consciência de pauta ambiental. Formada em Ciências Contábeis na UFG, é vegana desde 2016 e protetora independente de animais desde 2008.

Co-fundadora do Coletivo Bicho Solto, primeiro grupo de divulgação do Veganismo em Goiás, promovendo exibição de documentários, rodas de conversa e eventos beneficentes a ONGs de proteção animal. Na política desde o grêmio estudantil no ensino médio, trabalhou na fundação da Rede Sustentabilidade e é candidata pela primeira vez.

Carrega as bandeiras do Ecofeminismo Abolicionista, da Soberania Alimentar e da ocupação cidadã das cidades.

Carolina Frota 

Candidata - Guarulhos - vote 18.111

Sou Carolina Frota, vegetariana desde 1998, vegana desde a gestação do meu filho, hoje com quase 4 anos. Cofundadora da Tamarindo loja de cosméticos veganos e naturais, que divulga o veganismo e o consumo consciente através de palestras, rodas de conversa e feiras. Ativista da causa animal e do meio ambiente. Cofundadora do coletivo Bees Polinizando Idéias, que promove a ocupação de espaços públicos de forma criativa aliando conceitos de sustentabilidade. Filiada ao partido Rede Sustentabilidade, e agora candidata a vereadora na cidade de Guarulhos

Mirela Cecchini

Candidata - Americana - vote 18.777

Iniciou a transição ao Vegetarianismo em 1995 , tornando–se vegana em 2010. Prestou assessoria a diversos Restaurantes do segmento, no Estado de SP.  Reikiana Master, Terapeuta de Contelação Familiar., locutora e entrevistadora do programa de rádio “Mulher na politica” 2012.
Proprietária do primeiro restaurante Vegano e sem Glúten de Americana e região, em 2014, o Espaço Kiwi que trouxe a conscientização de que, a alimentação vegana, além de deliciosa e saudável também é acessível!
 Idealizadora do projeto “Reconectar AVIDA” , junto a uma equipe de profissionais, que presta apoio à mulheres que estão ou passaram por relacionamentos abusivos ou são vitimas de violência doméstica. 

Idealizadora e apresentadora do programa "Ser Vegano”

Jussara Fernandes

Candidata - Sorocaba - vote 12.600

Jussara Fernandes, 43, vegana, ativista pelos direitos dos animais e pelo meio ambiente. Formada em direito. Casada, mãe da Luiza e do Pedro.

Co-fundadora da ong Grupo de Amparo ao Melhor Amigo do Homem (GAMAH). Foi presidente da Comissão de Proteção Animal da OAB Sorocaba e do Conselho Municipal de Proteção e Bem Estar Animal.

Há 15 anos atua em Sorocaba e região em prol de políticas públicas pelos animais, especialmente contra os rodeios, bem como pela fiscalização e responsabilização de pessoas que cometem crimes ambientais. 

As demandas envolvendo os animais e as pessoas em situação de vulnerabilidade, bem como relacionadas a necessidade do desenvolvimento sustentável são inúmeras e por isso Jussara entende a necessidade da participação de ativistas na política.

Seu sonho é que seus filhos possam viver num mundo mais fraterno, igualitário e onde todos os seres, inclusive os não humanos, sejam respeitados. Afinal, TODAS AS VIDAS IMPORTAM.

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • whats (11) 9.5408-0828

criado por pessoas que amam animais